internet 4G

Ir em baixo

internet 4G

Mensagem por Skiller em Ter Abr 03, 2012 8:48 am

Paulo Bernardo garante internet 4G até a Copa das Confederações



O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou nesta
segunda-feira (2) que, até a Copa das Confederações, que começa em 15 de
junho de 2013, algumas das capitais brasileiras terão que contar com
internet 4G. Ele não especificou, no entanto, que cidade seriam essas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]afirmou
que a questão da inclusão de conteúdo nacional já é um problema
superado nos debates com as empresas, e que o maior problema, agora, é
com relação a prazos para implementar a nova frequência.

“Nós temos condição de desenvolver e de fabricar tecnologia aqui no
país”, afirmou Bernardo. “O leilão vai ser agora em junho e, já no ano
que vem, na Copa das Confederações, algumas das capitais vão ter que ter
4G. Além disso, tem um cronograma, depois, que vai abranger todas as
capitais e cidades com mais de 500 mil habitantes”, complementou o
ministro.

Em entrevista a jornalistas, no Rio de Janeiro, Paulo Bernardo
ressaltou que prevê uma disputa muito acirrada entre as operadoras que
vão participar do leilão. “Vai ser um leilão bilionário, com muitas
operadoras. Não tenho dúvida nenhum de que elas (as grandes operadoras)
vão participar, algumas até muito agressivamente”, afirmou.

O ministro disse que além da queixa das empresas com relação aos prazos
para implantação da tecnologia 4G no Brasil, algumas operadoras também
têm reclamado de valores. “Uma das coisas que tem ‘pegado’ muito é a
questão dos prazos para cobertura”, explicou Bernardo, admitindo que
pode flexibilizar “um pouco” as datas, desde que não deixe de atender as
necessidades estratégicas do governo. “As empresas têm reclamado que o
preço das licenças está muito alto. Já nos dispomos a rever o preço, mas
tem que ver o que vão oferecer em contrapartida”, afirmou. Paulo
Bernardo disse que a Agência Nacional de Telecomunicações deve definir
um modelo para o edital de licitação até 20 de abril.

Com 4G chegando, ainda há reclamações sobre 3G
Questionado
sobre como era possível o país estar implementando a tecnologia de
internet 4G quando ainda existem muitos problemas e reclamações com
relação ao atual sistema 3G, Paulo Bernardo atribuiu as falhas a um
planejamento estratégico errado das operadoras. “No ano passado, a
internet móvel cresceu 103%. Estou muito convencido de que as empresas
têm condição de atender essa demanda, mas não apostaram no que
aconteceu. As empresas fizeram projeções conservadoras”, explicou. “Eu
acho que essa situação tende a se resolver”, complementou.


Para a nova internet 4G, Paulo Bernardo enfatizou que já passam a
vigorar as regras de qualidade adotadas em 2011. “O pacote básico vai
ter um preço e uma qualidade mínima determinada”, disse. “No Brasil
inteiro, as operadoras vão ter a obrigação de fazer a internet popular a
R$ 35, fixa ou móvel”, concluiu.



fonte;http://g1.globo.com

avatar
Skiller
[E]Estagiário
[E]Estagiário

Mensagens Mensagens : 302
Idade Idade : 23
Sexo Sexo : Masculino
Data de inscrição Data de inscrição : 29/11/2011
Localização Localização : Luta & Garra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum